Saiba como melhorar a relação do seu gato com a caixa de transporte

Se você precisa levar o seu gato no veterinário, banho, tosa ou mesmo para passear em algum lugar e ele não gosta da caixinha de transporte, essa missão pode se tornar quase um pesadelo, não é mesmo?

Mas não precisa ser assim! A Dra. Clarissa Dosualdo, veterinária da Clínica We Love Cat, dá dicas hoje de como resolver esse problema e mudar a relação do seu gato com a caixinha de transporte.

Caixa de transporte todos os dias

A Caixinha de Transporte precisa fazer parte da vida do gato. Não pode ser algo retirado do armário só quando ele precisa ir a algum lugar. 

Para isso, a melhor solução é deixá-la como um dos brinquedos e espaços do gato na casa. Seja ao lado do sofá, da cama, na sala.

“Assim ele saberá que pode entrar e sair quando quiser e se acostumará com ela”, explica Dra. Clarissa.

Brinquedos e roupas dentro da caixa de transporte

A veterinária explica que também vale colocar objetos do tutor e do próprio gato dentro da caixinha de transporte para que ele entre para pegar e brinque lá dentro da caixinha. 

“Os gatos não podem ligar a caixa a algo negativo, que sempre surge quando ele tem que ir ao veterinário, por exemplo. Se é algo que ele convive sempre, essa concepção muda”, completa a profissional.

O ideal é acostumar o gato desde pequeno, mas a dica também vale para os mais velhos.

Tire a caixinha do armário e coloque-a visível e ao alcance do gato para mudar a relação dele com a caixa. 

Acompanhe a Clínica We Love Cat no Instagram!

WhatsApp Fale conosco no WhatsApp